Pesquisar este blog

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Boca do Céu - Portfólio 1977

Boca do Céu

Portfólio 1977 : 



Ficha de inscrição das músicas "Serena" e "Revirada", do Boca do Céu, feitas em julho de 1977, visando garantir participação no festival 1º Femoc (Festival do Colégio Osvaldo Catalano), que seria realizado em agosto do mesmo ano.




Crachá individual de Luiz Domingues para a 1ª eliminatória do Festival 1º Femoc com o Boca do Céu defendendo as músicas "Serena" e "Revirada". 13 de agosto de 1977.



Crachá usado por Luiz Domingues na 1ª eliminatória do Festival VI Fico, em 7 de outubro de 1977. O Boca do Céu defendeu a música "Diva", de autoria do Laert Sarrumor, nessa noite.



Programa do Festival VI Fico, realizado no salão de festas do Palmeiras, onde o Boca do Céu participou de duas eliminatórias, em 7 e 14 de outubro de 1977, defendendo duas músicas : "Diva (dia 7), e "O Mundo de Hoje" (dia 14).


Detalhe interno do programa, com fotos do público do festival VI Fico, onde o Boca do Céu participou de duas eliminatórias, nos dias 7 e 14 de outubro de 1977.  


Frente e verso de uma pauta de organização proposta pelo Laert. Tal tipo de manifestação tornou-se recorrente dentro da banda, mas infelizmente, só ele, Laert e eu, Luiz Domingues as líamos e tentávamos colocar os tópicos propostos, em prática...esta pauta datada de 3 de julho de 1977 não foi a primeira escrita pelo Laert, mas é a mais remota que consegui preservar.


Pauta de organização (frente e verso), escrita pela Laert Sarrumor em 4 de setembro de 1977.


Esta pauta acima, mais uma vez de autoria do Laert Sarrumor, não tem data assinalada, mas pelo seu teor, deduzo ser de novembro de 1977, aproximadamente



Frente e verso de outra pauta de organização escrita pelo Laert Sarrumor, desta feita datada de 13 de dezembro de 1977.



Pauta em quatro páginas, desta feita escrita por eu mesmo, Luiz Domingues. Eu escrevi diversas, também, mas só consegui preservar esta acima, datada de 19 de dezembro de 1977 e outra de 1978.



Esta pauta de organização foi escrita em 22 de dezembro de 1977 pelo Laert, já anunciando que a nossa banda havia decidido trocar de nome e que a partir de janeiro de 1978, nos chamaríamos "Bourrèbach", doravante.

4 comentários:

  1. Ola grande Luiz Domingues, legal voce ter guardado todo essa Historia da sua banda inicial la pelos ios de 1977...vi que fez um comentario tambem do fico do colegio objetivo , para dizer a verdade nunca foi em nenhum deles , mas sabia que existia...O Jornalista e apresentador do programa hoje da Globo '''Altas Horas''' o Carlinhos Groisman se nao falha a minha memoria , tinha um cursinho em 75 e 76 na rua Augusta e la ele fazia muito som de cukltura em geral como Teatro , Literatura e ate Rock pintava por la.e o festival do objetivo era muito comentado por la ...Sei porque fazia em 75 o cursinho la perto o MED e faltava nas aulas como sempre para ir em cinema do cine bijou quando pintava um filme legal ,e ir em som quando pintava tambem durante a semana,..e nessa minhas faltas ao cursinho MED, sempre que dava ia lá porque a entrada era franca e curtia muito o movimento por lá e ate cheguei a ganhar alguns fanzine de teatro lpoesia ,..que ja se perseram nocaminho porque my brothers pequenos rasgaram como tantas outras minhas revistas que eles rasgaram ( a colecao da POP inteira)...quando saia de manha para o trabalho e quando voltava a noite e percebia ja tinha sumido tudo ..era colorida e crianca sabe como é ...minha mae nem ajudava um pouco para guardar ...hoje tem um deles que ate se desculpa por feito isso quando criança kkkkk.....bom chega de falar de mim e sim de voce heheehehhe..Ate mais grande Luiz e sua Autobiografia .

    ResponderExcluir
  2. Fala, Oscar !

    Muito bacana saber que está acompanhando com atenção e muito me alegram seus comentários, sempre entusiasmados e trazendo suas lembranças pessoais das épocas enfocadas no texto, como um adendo bacana e enriquecedor.

    De fato, o FICO, festival do Colégio Objetivo, foi uma espécie de prolongamento de uma outra iniciativa cultural promovida pela mesma instituição, chamada "SACO" (Som dos Alunos do Colégio Objetivo"), que pelo que eu saiba, existia desde 1972, mais ou menos. Era uma mostra, mas não competitiva, de bandas formadas por alunos do colégio em questão.

    Nós participamos da edição de 1977 do Fico.

    Não sabia que o Serginho Groisman fora dono de cursinho. A informação que eu tenho, é que ele foi aluno do Colégio Equipe, que era a escola particular mais liberal de São Paulo e por ser adepta de uma pedagogia progressista, atraia alunos com cabelos longos, freaks e hippies em geral, exatamente por não serem importunados como eram em escolas tradicionais. E por ter esse tipo de corpo discente, ganhou fama na cidade como uma escola de Hippies, de onde saíram muitos artistas posteriormente, isso fora o fato de que promoveu-se no seu auditório, uma infinidade de shows de Rock e MPB, dos quais eu assisti muitos e acredito que você também, pois tal espaço foi famoso entre os freaks paulistanos na década de setenta.

    Agora, essa história sobre seus irmãozinhos, uma grande pena que tenham rasgado todo esse material, mas criança pequena é assim mesmo. Uma pena você não ter podido guardar todo esse tesouro na época.

    Muito grato pelos comentários bacanas !

    E vem mais coisas por aí, estou curtindo essa nova fase da autobiografia, onde posto e comento o material acumulado de todas as bandas por onde passei.

    Grande abraço !

    ResponderExcluir
  3. obrigado por lembrar o nome do Colégio Equipe esse é o nome do cursinho que tinha o grande Seguinho Groisman onde acima disse que faltava as aulas do curso MED tabem na rua agusta para ir para la algumas vez , exatamente por ter banda de Rock la e de graça hehehehehehe...desculpe se passei a ideia que ele era o dono do cursinho ...so não lembrava mais do nome em questao que ele trabalhou lá...como era pobre fazia o med , o Etapa , o Equipe e outros eram para os mais afortunados...kkkkkkkk, coisa que nao era , mas eu era feliz e como sou ate hoje ....ainda com o Rock melhor ainda .Dessas minhas perdidas , pelos meus broderssss, rasgaram a metade da revista rock o grito e o mito, da roling sotne brasilieira que sairam 36 numeros , restaram 4 apenas ...mas graças a deus ja consegui comprar mais 25 de um lote só de uma pessoa na NEt e estao otimo conservação ..falta alguns numeros para ficar completo ...quem sabe ainda um dia consigo os que faltam .Revista Pop nao se fala , são muitas e dai ...é isso ai , eu que agradeço e fico feliz em seu feed back com seus fã , não só aqui como tambem no face ( que sai ).Tudo de bom para voce ...se estiver vivo quem sbae numa quarte feira não apreco no magnolia ..qualquer dia ainda vou fazer isso , mesmo que for com minha bengalinha na mão , que ainda não hehehehehe., um grande prazer imenso aparecer aqui e poder trocar essas palavras contigo , que Deus continue te ilumiminando cada dia mais como Pessao que é e como grande Musico.ate...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, era o Colégio Equipe e o Serginho foi aluno ali em 1972. Já vi fotos dele nessa época, cabeludo, com visual de hippie.

      E sim, os shows de Rock e MPB que lá existiam eram ótimos.

      Sensacional que conseguiu resgatar grande parte das revistas que seus irmãozinhos rasgaram, depois. De fato, hoje em dia com o Mercado Livre, se acha de tudo.

      Imagine, não tem nada que agradecer, porque nosso bate papo é sempre prazeroso e acrescenta muito ao Blog. Os adendos que surgem acabam complementando as postagens.

      Sobre o Magnólia, infelizmente o projeto acabou em abril de 2016. Depois dá uma lida no capítulo final sobre essa banda e postado recentemente neste Blog, onde está tudo bem explicado. Agora é ficar de olho na agenda dos Kurandeiros ou do Ciro Pessoa para aparecer um dia e nos ver.

      Grato pelos elogios e continue acompanhando aqui, que vem mais novidades por aí.

      Abração, amigo Oscar !!

      Excluir