Pesquisar este blog

sábado, 7 de março de 2015

Trabalhos Avulsos - Capítulo 29 - Patrulha do Espaço + Xando Zupo = Z-Sides : Quase um Prenúncio... - Por Luiz Domingues

Foi no final de dezembro de 2002, (com o início do trabalho, em  2003), que o Xando Zupo propôs à Patrulha do Espaço, uma participação em seu disco solo, que denominar-se-ia, "Z-Sides". 


Mas na verdade, ele já vinha gravando seu disco desde julho ou agosto de 2002.
Em setembro de 2002, a revista Rock Brigade já anunciava a gravação do disco e citou meu nome e do Junior, da Patrulha do Espaço, como músicos convidados para tal participação 


Trato aqui como trabalho avulso, e não no capítulo da Patrulha do Espaço, mas acredito que caberia lá também, evidentemente.


A ideia era gravar duas faixas; uma autoral e a outra, uma releitura de uma banda internacional que ele (e nós, também), gostamos muito, que é a James Gang.


 

Sendo assim, regravamos a música "Must Be Love", que faz parte do LP "Bang", de 1974.


                      Marcelo "Mancha", um ótimo vocalista



A formação nessa gravação, foi com a Patrulha do Espaço completa; mais Xando Zupo na guitarra, e o vocalista Marcelo "Mancha", um dos melhores vocalistas da noite paulistana (e que seria o primeiro vocalista do Pedra, assim que fui convidado a entrar em 2004, numa fase embrionária, e cuja história, descrevi no capítulo dessa banda). Fizemos dois ensaios num estúdio, na Saúde, bairro da zona sul de São Paulo, tiramos a música com facilidade, e a executamos com bastante pegada Hard-Rock.


A outra canção era autoral, e o Xando logicamente trouxe a ideia inicial, com a devida colaboração da Patrulha do Espaço nos arranjos. Ela ganhou o nome de "Livre como Você", e a letra acabou transformando-se numa bela homenagem à mãe do Xando, que faleceria súbita, e precocemente alguns meses depois.


Nessa canção, que era um Hard-Rock setentista, e bem swingado, o Rodrigo tocou órgão Hammond, e cantou; Marcello e Xando revezaram-se nos solos de guitarra; e eu e Júnior na "cozinha", claro.



                            O tecladista, Fabio Ribeiro



A gravação de bateria deu-se no estúdio do Fabio Ribeiro, meu ex-colega de Chave "sem Sol". E os demais instrumentos foram gravados na casa do Xando, mesmo antes dele ter montado o Overdrive Studio, oficialmente, ainda, coisa que só faria alguns meses depois.

Em julho de 2003, o jornalista Antonio Carlos Monteiro publicou uma reportagem falando do álbum Z-Sides, de Xando Zupo, no Jornal Rock News e curiosamente, a foto escolhida pelo ilustrador do jornal, foi a da contracapa do CD ".ComPacto", da Patrulha do Espaço. A conexão era que havíamos gravado duas faixas no disco solo de Xando Zupo

O resultado sonoro ficou bastante agradável, tanto na canção autoral, quanto na releitura de "Must Be Love", da James Gang. 


Foi assim o trabalho entre a Patrulha do Espaço, e Xando Zupo, participando de seu disco solo, "Z-Sides", que seria lançado apenas virtualmente, na Internet. Prenúncio, eu diria, o fato de que um ano e dez meses depois, eu e Rodrigo sairíamos da Patrulha do Espaço e ingressar-nos-íamos numa nova banda que Xando Zupo estava formando, que receberia o nome de "Pedra".



Xando Zupo em foto dos anos 1980, quando foi integrante do "Harppia" 

Eis abaixo, o álbum para escutar-se na íntegra. "Livre como Você" é a primeira faixa do disco e "Must Be Love", a nona.
Eis o Link para ouvir o disco no You Tube :

https://www.youtube.com/watch?v=hUCVU5xtf9o

Nesse mesmo ano de 2003, também por conta da Patrulha do Espaço, eu e Rodrigo Hid envolvemo-nos com um trabalho avulso "forçado", digamos assim, mas que gerou histórias hilárias...

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário